sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020  09:54

Rentabilidade




Resultado dezembro/2019

Enquanto que o CDI mostrou retorno de 0,37% no mês de dezembro, as carteiras exclusivas de Renda Fixa da Bungeprev, geridas por BNP e Western, renderam respectivamente 0,39% e 0,41%. Mais uma vez, as aplicações em segmentos que agregam maior parcela de risco, como os Fundos Multimercado e de Ações, proporcionaram bons resultados em dezembro: os fundos multimercado SPX Nimitz e Kinea Chronos renderam respectivamente 0,63% e 1,92%. Já os fundos de ações nos deram ganhos de 10,21% (Phoenix Itaú) e 8,82% (Moat). Assim, o resultado consolidado do mês da Bungeprev chegou a 1,34% - bem acima das nossas previsões iniciais, e encerramos o ano de 2019 com 8,22% de retorno acumulado (138% do CDI) – praticamente empatando com a meta atuarial. 

  Previsão resultado janeiro/2020 (Não é Cota Oficial. Ainda está sujeito a alterações)

O ano começou com um fato que foi determinante para o comportamento do mercado financeiro: o surto de coronavírus. O temor de que possa se alastrar, a partir da China – onde está o epicentro da doença - fez com que as Bolsas desabassem no mundo inteiro. No Brasil não foi diferente. Até por volta do dia 23 de janeiro a Bolsa mostrava vigor. Na última semana do mês, porém, começou a refletir esse medo e o IBOVESPA  fechou o mês com queda de 1,63%. Inversamente, o dólar se valorizou em quase 6%. Apesar de tudo isso, os investimentos da Bungeprev registraram um bom comportamento. Na Renda Fixa, enquanto que o CDI rendeu no período 0,38%, nossas duas carteiras exclusivas deram retornos de 0,42% (fundo Nova York-BNP) e 0,56% (fundo Independence-Western). Já os fundos Multimercado conseguiram terminar com 0,14% (fundo SPX Nimitz) e 0,55% (fundo Kinea Macro). As aplicações em Bolsa revelaram comportamentos distintos: enquanto que o fundo Moat Capital teve queda de 0,67%, o fundo Phoenix ganhou 1,47%. Neste mês de janeiro iniciamos a alocação num novo segmento – Investimentos no Exterior. O fundo escolhido foi o da Western, que nos deu 5,07% de rentabilidade neste primeiro mês. Com tudo isso, nossa previsão é de alcançarmos um resultado global de 0,51% em janeiro.

Autor: Bungeprev

Fonte: Bungeprev